Vai que é tua, coronel: Sejusp tem 10 dias para identificar policiais à disposição

O governador Gladson Cameli mudou a redação do decreto que revogou os atos de disponibilização, cessão, mobilização, atuação ou lotação dos profissionais da segurança pública. Caberá à Secretaria de Segurança identificar onde estão e quem são os policiais à serviço de outros poderes e autoridades.

O secretário Paulo Cézar tem dez dias para realizar esse trabalho, de acordo com decreto publicado no Diário Oficial desta sexta-feira. Caso esse levantamento seja inconclusivo, o secretário terá mais dez dias.

loading...