Utilidade pública: OCA pára e governo estuda atendimento especial mediante agendamento

A direção da Organização das Centrais de Atendimentos de Rio Branco (OCA) informa que a prestação de serviços da unidade será suspensa ao público a partir desta quarta-feira, 18. O motivo é para evitar a proliferação do novo coronavírus que registrou os primeiros três casos oficiais no Acre nesta terça-feira. No primeiro momento, a medida será válida pelos próximos 15 dias.

O secretário de Planejamento e Gestão (Seplag), Ricardo Brandão, informou que ainda nesta quarta-feira será decidido o protocolo emergencial para atendimentos especiais mediante prévio agendamento em serviços ligados diretamente ao Estado.

Vale lembrar que, além dos serviços prestados em seu espaço físico, a OCA também oferece ao cidadão o Guia de Serviço Público (GSP), sistema online que concentra as informações referentes a estes serviços. A plataforma está disponível na internet pelo endereço http://gsp.ac.gov.br/servicos-pela-internet/.

Já os atendimentos de entidades públicas e privadas que não pertençam a administração do Estado, como Polícia Federal e Energisa, deverão ser buscados agora em suas respectivas sedes ou espaços destinados exclusivamente a isso.

O governo do Estado reforça que tem seguido as determinações da Organização Mundial de Saúde (OMS) para evitar aglomerações que possibilitem a proliferação do novo coronavírus. A OCA reúne diariamente entre 2,5 a três mil pessoas, com cerca de 6 mil atendimentos.

loading...