Terceirização da saúde volta a incomodar e celular de Eber Machado e Jesus Sérgio cai na rede, mas pedetistas devem se ausentar de novo

Dois deputados que não compareceram à sessão da última quarta-feira, quando a terceirização da saúde foi reprovada por 11 votos a 10, tiveram seus contatos pessoais lançados na Internet. Uma conselheira estadual de saúde assina uma nota em que é pedido ao público que faça pressão a Eber Machado, vice-presidente da Assembléia Legislativa, e Jesus Sérgio. Os dois parlamentares são do PDT e poderiam ser decisivos numa eventual anulação da votação, como querem o governador Tião Viana e o líder do governo na Casa, Daniel Zen. A base governista, com a exceção dos deputados Genilson Leite (PCdoB) e Raimundinho da Saúde (Podemos) já teria assinado um requerimento trazendo embasamentos jurídicos para refazer a votação.

A reportagem localizou o deputado Jesus Sérgio. Ele disse que a votação do projeto foi “precipitada”, e defende que a população seja ouvida, como recomendou o Ministério Público. O deputado admitiu que deve se ausentar de novo da sessão, sob o argumento de que “estão queimando etapas e descumprindo as orientações feitas pelo MP”.

Apesar do argumento sólido, a ausência em plenário beneficiará apenas o governo, que impõe o repasse da gestão do Huerb e das UPAs atropelando todas as regras de transparência e obediência à Constituição. Abaixo, a nota:

Nota

 

Na última semana por meio de uma união dos servidores e usuários da saúde tivemos duas grandes conquistas, sendo uma a derrubada do veto do governador referente ao Pro-Saude e a segunda a não aprovação da lei sobre a Organização Social e terceirização, da qual tivemos a contribuição fundamental dos Deputados Raimundinho e Jenilson e mais nove heróis que não recuaram e permaneceram firmes.

Hoje seguindo sua lógica autoritária, rasteira e antidemocrática petista o Governador Tiao Viana junto ao deputado traidor Daniel Zem planejam uma contra ofensiva e assim tentando colocar novamente na pauta impor no Acre as políticas do Governo Federal Michel Temer de privatização e terceirização dos serviços públicos.

Temos dois parlamentares que não estiveram durante a votação, segue seus telefones para que possamos pedir que estejam ao lado do povo

Dep Eber Machado
68 9985-2558

Dep Jesus Sérgio
68 9910-2417

Att. Giovanny kley
Membro do Conselho Nacional de Saúde – Usuários