Risco de rebelião suspende visita íntima e mulheres de presos se revoltam

As visitas íntimas desta quarta-feira foram suspensas no Presídio Francisco D ´Oliveira Conde.  A decisão tomada pela direção do Sistema Penitenciário, apos comunicado a Vara de Execuções Penais, revoltou as mulheres dos detentos. Um.grupo realizou um protesto em.frente à unidade.
Desde de o.inicio.da semana detentos de seis presídios estão em.greve de fome, por causa de uma operação que retirou das celas todos os aparelhos de TV e rádios.

Detentos considerados lideres de organizações criminosas foram transferidos para o Presidio de Segurança Máxima Antonio Amaro Alves. Com um risco de uma rebelião a segurança na unidade foi reforçada.  Agentes que integram o Gpoi e a escolta estão em alerta.