Preso, diretor do Procon-AC deve receber décimo-terceiro e salário de dezembro sem descontos

Preso desde a última quarta-feira, o advogado Diego Rodrigues ainda é, oficialmente, diretor do Procon no Acre. E receberá o décimo-terceiro salário integral, assim como os vencimentos referentes aos mês de dezembro. Diego é filho da deputada Doutora Juliana Rodrigues, também presa na Operação Santinhos, da Polícia Federal. Outros dois irmãos do advogado, Yargo e Rodrigo, também foram detidos e cumprem prisão preventiva. Eles são acusados por corrupção eleitoral.

Pelo Procon está respondendo a advogada Francisca Brito, servidora concursada há dez anos. Ela não soube informar quais decisões de governo serão tomadas sobre Diego. E lamentou que o órgão tenha sido envolvido de forma negativa. “Nós estamos trabalhando com muito afinco nesse final de ano para compensar noticias ruins que nos entristecem de verdade. Infelizmente, são coisas que fogem à nossa alçada, mas somos servidores públicos e devemos exercer a nossa missão. Eu me preocupo muito com a imagem do Procon. Amo trabalhar aqui”, declarou.