Prefeito de Rio Branco desmente instituto de RO e anuncia ação judicial contra publicitário

O prefeito Marcus Alexandre (PT), por meio de sua assessoria, negou ter contratado instituto de Rondônia para fazer pesquisa em Rio Branco. Em nota, o prefeito informa que os pesquisadores promoveram a pesquisa pelo aplicativo Whatsapp, sem que o acordo comercial tenha sido fechado com o município. Alexandre informa que a empresa não estava legalmente credenciada para a atividade, o que obrigou a prefeitura a desistir do contrato. Leia a nota abaixo

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

Sobre matéria publicada no site de notícias de Rondônia observador.com.br, trata-se de informação mentirosa. A Prefeitura ou o Prefeito de Rio Branco não tem e nunca teve qualquer relação contratual com essa empresa. O prefeito Marcus Alexandre, de fato recebeu o senhor Juvenil em seu gabinete, como faz com todos que o procuram, onde o mesmo apresentou proposta de produção de pesquisa sobre a gestão municipal. Quando solicitada documentação da empresa para uma possível contratação pelas vias legais, o senhor Juvenil informou que a empresa não estava em estado de regularidade fiscal, não tinha certidões e demais documentos exigidos por lei para tal, o que impediu o avanço de qualquer tratativa a respeito dos serviços propostos.

Pouco tempo depois o proprietário da empresa, mesmo sem ser contratado, quis entregar um produto que não foi oficialmente recebido ou utilizado pelo prefeito ou qualquer outro membro da gestão, pois em decorrência da não regularidade da empresa optamos por não dar sequência a tratativa de contratação do serviço.

Nos causa estranheza, inclusive, que a suposta pesquisa tenha sido feita sem nenhuma base científica, tendo sido realizada por meio digital, por aplicativos de mensagens, mais precisamente pelo WhatsApp, como informado pelo próprio autor da denúncia, conforme publicado em matéria divulgada em site de Rondônia.

Portanto, a acusação feita pelo senhor Juvenil não é verdadeira. O prefeito e o secretário André Kamai acionarão esse senhor judicialmente para que a verdade seja reposta.

Rio Branco, 23 de Novembro de 2017

Andreia Oliveira
Diretora de Comunicação
Prefeitura de Rio Branco