PMDB reata com Gladson “pelo beiço” e reúne dirigentes sem Márcio Bittar. Solidariedade emite nota, mas Márcia não assina

Uma entrevista a uma rádio do Acre esclarece a volta do PMDB à aliança com Gladson Cameli, após dois rompimentos seguidos do partido do deputado federal Flaviano Melo. O ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Wagner Sales, é o porta-voz da legenda, para quem “é hora de fazer campanha e esquecer as divergências”. Márcio Bittar não deve participar do encontro do partido nesta sexta-feira com dirigentes do interior. O Solidariedade, cuja presidente regional é a mulher dele, Márcia Bittar, emitiu nota dizendo apoiar Gladson. Mas a dirigente não assina o documento, aumentando as suspeitas de que o casal Bittar ainda não se decidiu sobre a reconciliação com o grupo que tem PP, PSDB, DEM e outros nove partidos menores.

Prevalece a versão de que Bittar não teria ambiente dentro do grupo, especialmente pelos atritos considerados difíceis de serem sanados com o Major Rocha. Nas redes sociais, os internautas mais antenados pagam para ver os dois juntos, no mesmo palanque. E mais: Bittar pedindo votos para Rocha seria hilário. E Rocha, o vice de Gladson, sugerindo que o eleitor vote em Bittar para o Senado, mais ainda.

Os partidos menores fincaram o pé, emplacaram o médico Eduardo Velloso como a segunda opção para o senado dentro da coligação. oficialmente, Velloso é o pré-candidato predileto para substituir Bittar, que tem agido como incendiário desde que áudios vazaram com depoimentos que desagradaram a todos.

O que será do ex-deputado federal nestas eleições?

Veja abaixo a nota do SD:

 

NOTA À SOCIEDADE ACREANA

Tendo em vista o processo eleitoral deste ano e entendendo que, a unidade da oposição e a alternância de poder através dos processos democráticos, são necessários e de fundamental importância para que o povo do Acre volte a sonhar com uma vida melhor para todos. Neste sentido o Diretório Estadual do Solidariedade – Acre vem por meio de sua executiva declarar:
1º – Fechamos questão em apoio a pré-candidatura de Gladson Cameli para Governador de nosso Estado;
2º – Fechamos questão em total e irrestrito apoio a pré-candidatura de Márcio Bittar;
3º – Fechamos questão quanto a composição de nossa chapa para Deputados Estaduais, que daremos oportunidade para homens e mulheres que ainda não possuem mandatos;
4º – Fechamos questão quanto a composição de chapa para Deputados Federais, que estaremos compondo o chapão e colocando a disposição da sociedade o nome de nossa Pré-Candidata Drª.Vanda Milani para apreciação da sociedade.

Executiva Estadual do Solidariedade