O jeito PT de governar: Tião Viana já tem liminar contra caçambeiros, manda procuradora intimidar, mas trabalhadores dizem que vão pra rua nesta 3ª “sem medo de sermos presos”

O governador Tião Viana (PT) já tem sobre a sua mesa uma liminar, assinada por um juiz acreano, proibindo o manifesto dos caçambeiros, previsto para a manhã desta terça-feira. A procuradora do estado Daniela Correia de Carvalho se deu ao trabalho de ligar para o presidente do sindicato da categoria, Júlio Farias, há poucos instantes, para alertar sobre os riscos que os trabalhadores correm se mantiverem a programação que inclui ocupar o Centro de Rio Branco com cerca de 150 máquinas e equipamentos pesados. “Nós não vamos nos intimidar. O governador deve, e tem que pagar. Os trabalhadores só querem o que lhes é devido. Quem faz esse tipo de coisa deve estar com o salário em dia, e não quer compreender que existem pais de família passando necessidades sem ter como manter suas esposas e seus filhos”, criticou o sindicalista. “Nós vamos pra rua amanhã. O governador tem que pagar o que deve. O conceito de justiça foi investido. Se tiverem que multar caminhões, que multem. Se tiverem que nos prender, que nos prendam”, concluiu Júlio Farias.

Os caçambeiros não recebem há cerca de 3 anos. A dívida é estimada em R$ 8 milhões. A usina de asfalto do Distrito Industrial foi fechada pelos trabalhadores. Todas as obras sob a responsabilidade do Deracre estão paradas nos 22 municípios do estado.