Viatura salva empresário de tocaia armada por fornecedor e supostos milicianos. Vítima pede ajuda e conta tudo em vídeo

Um empresário da construção civil se viu obrigado a pedir ajuda publicamente, ao gravar um vídeo informando estar sendo ameaçado. Ele acusa um fornecedor, que se vale da ajuda de três militares para querer matá-lo. Dêmio é construtor contratado pela Prefeitura de Rio Branco, tem dificuldades para receber pelo serviço prestado e, portanto, vive pressionado pelo credor. O último encontro entre eles, no escritório da empresa e perante várias testemunhas, o fornecedor teria dito: “Se eu não receber meu dinheiro de voc~e, você não receberá de mais ninguém”.

O empresário foi à delegacia, prestou queixa e seguiu a rotina normal. Ele relata que estaria morto não fosse o que ele chamou de “ajuda divina”. Dêmio acompanhava a obra, nesta semana, nas proximidades do Igarapé da Judia, região do Belo Jardim. A localidade é distante e pouco habitada. O fornecedor  se aproximou com seu veículo quando, ali perto, passava uma viatura da PM. O empreiteiro diz que chamou a polícia e pediu ajuda. “Fiquei paralisado”, disse.

Porém, para a sua surpresa, outros três policiais militares à paisana saíram do carro do fornecedor, que o acusava de caloteiro e filho da p…”.

Os militares que estavam à serviço do fornecedor e os PM´s que faziam a ronda na localidade entraram num entendimento de que o conflito deveria ser resolvido na delegacia.

“Pra mim foi difícil aceitar aquilo, afinal, ali na minha frente, estava o cara que jurou me matar e, no carro dele, o que é mais estranho, havia três PM´s – agentes que deveriam me proteger mas estavam ali para, quem sabe, tirar a minha a vida”, afirma.

O empresário, então, fez outra ocorrência e levou os nomes dos militar na Corregedoria da PM, no 2º Batalhão e na Defla. Ele aguarda providências e diz que sua vida, a partir da publicação do vídeo, vai mudar radicalmente.

Novamente, o fornecedor liga para o empresário para reforçar a ameaça

“Eu estou á tua procura”.

“Graças à PM´s que honram a sua farda, eu consegui uma segurança para dormir bem, em paz, com minha família. Mas isso não é tudo. A minha vida, da minha esposa e dos meus filhos estão em risco. Não é fácil pra mim gravar esse vídeo. Mas gostaria de dividir com todos a minha insegurança e pedir que compartilhem”, afirma.

Dêmio reconhece o esforço do município, que depende de orçamento para quitar a dívida, e, após isso, saldar o débito com o fornecedor.

O EMPRESÁRIO RECEBE A SOLIDARIEDADE DE MUITOS AMIGOS NAS REDES SOCIAIS

Veja o vídeo na página pessoal do empresário

Publicado por Dêmio Sângello em Quarta-feira, 16 de outubro de 2019