Neta de presidente da Cooperacre mentiu e acjornal errou ao noticiar morte de paciente com Covid-19

O acjornal foi induzido ao um erro grave ao noticiar o falecimento do presidente da Cooperacre, neste domingo. A informação que julgamos ser confiável foi passada por uma neta do seu Manoel, uma adolescente irresponsável. Independente de a notícia ter sido dada por um familiar, este veículo se desculpa com todos os leitores, em especial aos amigos e ao próprio paciente, que, de acordo com a Secretaria de Saúde, evolui para quadro satisfatório.

Buscamos a motivação para o gesto lamentável da adolescente. Mas ela não atendeu mais às nossas chamadas.

Reiteramos as desculpas a todos e reafirmamos nosso compromisso em produzir notícias positivas no combate á pandemia, o que vimos fazendo desde que o Covid-19 se alastrou pelo país e mundo.