Isolado e acuado, Lyra Xapuri diz que pediu “apenas” a OCA em dois turnos para apoiar o PT

O autônomo Lyra Xapuri, que retirou sua pre-candidatura a governador do Acre pelo PRTB, disse ter feito apenas uma exigência a Tiao Viana antes de oficializar seu apoio ao PT: que a OCA voltasse a funcionar em dois expedientes. O rapaz tenta recuperar a boa imagem apos ter levado vários correligionários para uma reunião com Marc us Alexandre, na ultima sexta-feira. Passou vergonha !! A expectativa da Frente Popular pela adesão de novos aliados acabou frustrada.

Somente um dos pre-candidatos do PRTB aceitou subir ao palanque do ex-prefeito de Rio Branco ao lado do locutor do Formigão. Os demais disseram que preferem caminhar com Gladson Cameli. Xapuri não tem liderança dentro do partido e não sera prioridade na intenção de ser eleito deputado federal.

“O governador perguntou se eu viria para a FPA. Eu disse que sim. Eu disse que não quero cargo, não quero CEC, não quero nada. O governador me disse que sou um jovem muito inteligente. Eu quero apenas que a população me veja como um politico novo. Quero a oportunidade de ser deputado federal. Ai, sim, irei trabalhar para para o meu estado. Podem sempre contar comigo”, declarou ele numa gravação direcionada aos amigos.

Tiao Viana não vai atender ao pedido para voltar o horário de funcionamento da OCA.