Homem que jogou água fervente em genitália da esposa é condenado, mas vai responder em liberdade

Jossé Nogueira Saldanha foi sentenciado a 4 anos, 5 meses e 10 dias de prisão pelo crime de lesão corporal de natureza grave. Mas vai responder o processo em liberdade, já que a condenação foi inferior a 8 anos. O crime aconteceu em 12 de Fevereiro deste ano, no interior da residência do casal, localizada no Bairro do Bosque, em Sena Madureira.
Consta na denúncia que ao chegar em casa Jessé mandou chamar a esposa que estava no trabalho. Quando a cuidadora de idosos Argelândia Miranda chegou o marido jogou água fervendo nas pernas e partes íntimas dela.

Dias após Jessé teve a prisão preventiva decretada e se apresentou à delegacia de Sena Madureira. Além da condenação, a justiça estabeleceu uma série de medidas cautelares para o réu, entre elas não se aproximar da vítima. Caso alguma seja descumprida, Jessé Saldanha pagará multa de 500 reais. Ao receber alvará de soltura, Jessé passará a ser monitorado por tornozeleira eletrônica.