Governo desmarca encontro sobre PCCR da Educação e Sinteac pede respeito à categoria

A Articulação Institucional do Governo do Acre cancelou a reunião com os representantes do Sinteac no interior, prevista para esta sexta-feira. Seria o momento de debater o PCCR da categoria. Um segundo encontro para discutir as cláusulas econômicas, acertado para o dia 9, está mantido.

O aviso de cancelamento foi dado pelo gabinete do secretário Álisson Bestene. O Sinteac considera ter havido desrespeito com a categoria e, principalmente, com os presidentes dos núcleo da entidade nos municípios, que se deslocaram até a capital na esperança de que a negociação acontecesse. A presidente do sindicato, Rosana Nascimento, lembra que as reuniões haviam sido confirmadas pelo próprio secretário. “Esses encontros foram conquistados na pressão. Nós não queremos ir pra rua mais uma vez para obrigar o governo a cumprir aquilo que já foi prometido. Vejo isso como enrolação. Nada justifica destratar a maior categorial funcional do estado dessa maneira”, declarou Rosana.

A sindicalista lembra ainda que o Estado está discriminando os professores provisórios na hora de pagar a VDP. O pagamento estava previsto para junho, não foi pago, e agora não tem sequer uma data paras acontecer. Isso significa que a SGA terá que fazer folha suplementar. Nós não entendemos por que esse atropelo todo, já que os provisórios também têm matrícula e conta bancária”, criticou a presidente do sindicato. “É humilhante”.

A data base da categoria é junho. Passado esse mês, e sem nada negociado. “O sinteac não quer ter que fazer acampamentos, paralisações ou mesmo grave para negociar. Queremos diálogo permanente. Não aceitamos ser enrolados com marca e desmarca reunião. Se tiver de ser com a categoria junto para negociar vamos fazer”, finalizou Rosana.