Conta de luz: bancada do AC pressiona, Aneel admite discutir desoneração, mas novo aumento está a caminho

O diretor geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, disse que está disposto a discutir a desoneração da conta de energia dos consumidores do Acre.  A informação foi dada em audiência com a bancada federal, nesta segunda-feira, informou a assessoria da deputada Perpétua Almeida (PCdoB).”Estamos à disposição para junto com o poder Executivo e com os parlamentares montar essa agenda positiva para buscar a desoneração da conta de energia”, afirmou Pepitone ao ser convidado a participar, em Rio Branco, de uma discussão ampla, em que representantes da sociedade civil seriam ouvidos.”“Essa agenda é multilateral e estamos sensibilizados com essa busca do equilíbrio”.

Pepitone foi questionado sobre quais medidas estão sendo tomadas para que novos aumentos não aconteçam e buscar soluções. A Aneel diz que o principal motivo dos aumentos é o custo elevado das térmicas referente ao uso em 2017 e que estão sendo pagas em 2018.

A Energisa, após assumir a distribuição de energia elétrica no Acre no final do ano passado com promessas de melhoria na prestação do serviço, foi autorizada pela Aneel a aplicar um aumento de 21,3% nas contas de luz da região. O reajuste foi aplicado e existe a previsão de outro aumento de 21% previsto para junho deste ano.

Da audiência participaram os defensores Público da União, Eduardo Queiroz, e do Estado do Acre, Celso Araújo; o senador Sérgio Petecão (PSD); os deputados federais Jesus Sérgio (PDT/AC), Mara Rocha(PSDB) e estaduais Dr. Jenilson Leite (PCdoB), Luiz Gonzaga (PSDB), Kadmiel, Luís Tchê (PDT); e o vereador de Rio Branco, Eduardo Farias (PCdoB).

“Precisamos saber, de fato, que resposta positiva a Aneel tem para dar a população. Esse aumento não é justo e a população não tem condições de pagar. Pedi explicações por escrito e convidei o diretor para ir pessoalmente apresentar uma proposta no Acre,”,  disse Perpétua Almeida.