Consumidores voltam a protestar contra os aumentos da tarifa de energia; CZS e Sena aderam ao movimento

Consumidores voltam  a protestar contra o aumento da conta de energia, na manhã desta quinta-feira (03), em frente ao prédio da Eletroacre. A majoração chega até a 30%. O ato irá começar às 8 horas e só será encerrado quando uma comissão foi recebida pela direção da empresa. A mobilização está acontecendo pelas redes sociais e terá, excepcionalmente, a adesão de consumidoresd de Sena Madureira e Cruzeiro do Sul. Nestas cidades, grupos de moradores se organizam para cobrar providências da justiça contra a Energisa. .

A última manifestação, que aconteceu na semana passada, reuniu cerca de 200 pessoas, conforme informou a organização, e foi marcada por discursos, faixas levantadas e bandeiras estendidas ao chão. Moradores também levaram contas de energia para comprovar o aumento.

A Eletroacre, em nota, informou que se reuniu com representantes do Conselho de Consumidores, da Federação das Associações de Moradores, da Associação Comercial e Associação de Moradores Rurais do Acre para explicar e tirar dúvidas sobre o aumento do valor da energia.No encontro foi ainda apresentado o plano de investimentos de R$ 228 milhões previstos para 2019. “Temos a autorização e uma constante fiscalização da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANeel), disse a empresa.