Âncora da Band detona Carlos Bolsonaro: “Chimpanzé escreveria melhor”

O jornalista e apresentador do Café com Jornal, da Band, Luiz Megale detonou Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, após o vereador ter escrito que “por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos”. Durante o programa, Luiz disse que Carlos tem uma “dificuldade imensa de se expressar pela pela palavra escrita”. A fonte é o Metropoles

“O filho do presidente, o 02, tem uma dificuldade gigantesca para se expressar pela palavra escrita, então, a gente nunca sabe se o que está escrito corresponde ao que está passando pela cabeça do Carlos Bolsonaro. Se colocar um chimpanzé em frente ao computador, é capaz que saia um texto mais inteligível do que o do Carlos Bolsonaro”, afirmou Luiz Megale.

O jornalista ainda prosseguiu na “surra”. “É o sonho de todo governante você se tornar um ditador. Você tirar da frente esse aborrecimento que é a imprensa, o judiciário, o Congresso. O Hugo Chávez e o Maduro não quiseram perder tempo com isso, já aparelharam o Judiciário ali, já empastelaram o Congresso e resolveram logo essa questão. O PT quando estava no poder, também não tinha muita paciência para ficar negociando com o Congresso, já foi lá e comprou os votos dos deputados que é muito mais fácil governar assim”, disse.

No final, o âncora ainda deixa um recado. “Porque, se a receita democrática é lenta, enfadonha, as coisas vão acontecendo aos poucos, a ruptura total, a revolução, tirania, viu, Carlos, é uma alternativa bem pior, especialmente quando você estiver do outro lado, porque a vida é um carrossel”, afirmou.