Agente penitenciário é executado com tiro na cabeça, no Bujari. Mulher está presa

O agente penitenciário Humberto Furtado foi executado na noite desta quinta-feira no Ramal da Sanacre, município do Bujari, com um tiro na nuca. O Instituto Médico Legal (IML) resgatou o corpo por volta de 01:15hs, caído. A motocicleta da vítima estava no local quando a polícia chegou. O servidor público teria sido alvo de uma tocaia. Investigações da polícia indicam que Humberto avisou a amigos que iria dar carona a uma pessoa até o município vizinho.

Uma mulher cuja identidade não foi revelada está presa. Ela estava na garupa do agente penitenciária e fugiu após o crime. A mulher foi alcançada pelos policiais e levada para interrogatório na Delegacia. O delegado Pedro Resende, que investiga o homicídio, não quis adiantar informações. Suspeita-se que Humberto tenha sido morto por pessoas daquela região. O depoimento da mulher que estava com ele será importante, segundo a polícia.