Até a quarta-feira Gladson terá convocado 4.500 professores concursados. Acompanhe o Diário Oficial

O Diário Oficial desta terça-feira (19) publicará a convocação de mais 183 professores substitutos. E, na quarta-feira, outra lista, com 230 profissionais, será divulgada pelo governo. Serão a terceira e quarta convocações de professores somente no governo Gladson Cameli, totalizando 4.500 de janeiro a março.

Os docentes irão lecionar no Ensino Regular, áreas específicas da capital, no Ensino para Jovens e Adultos (Eja) e no Ensino Rural, que terão início na próxima segunda-feira. Os convocados irão trabalhar em cidades como Cruzeiro do Sul, Sena Madureira, Feijó, Xapuri e Brasiléia.

Em Cruzeiro do Sul as aulas terão início nesta quarta (20). Na segunda maior cidade do Acre o atraso de 48 horas foi devido a seleção de merendeiras, por uma empresa prestadora de serviços, e não por causa da falta de professores.

O anúncio foi feito pelo governador Gladson Cameli, ao abrir o ano letivo de 2019, na quadra da Escola Padre Diogo Feijó, nesta segunda. Ao todo, 170 mil estudantes voltaram às aulas hoje.

“Esperamos lotar, definitivamente, em no máximo 40 dias, aqueles que fizeram concurso para professor efetivo”, disse o secretário Mauro Sérgio.

“A minha determinação é que os nossos estudantes tenham acesso ao ensino público de qualidade para que possamos melhorar cada vez mais os nossos índices. Esse vai ser o nosso dever e a nossa meta como gestão”, declarou o governador.

“A equipe de ensino está focada em oferecer a melhor aprendizagem aos estudantes. O nosso grande desafio neste ano será alcançar uma boa avaliação do ensino acreano no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)”, afirmou o secretário.

“Esse ano é muito importante porque teremos a avaliação do Ideb e precisamos fazer todo o trabalho voltado para a boa aprendizagem dos nossos alunos e dando continuidade aos bons trabalhos que são realizados por nossas escolas”, disse.

Novo kit

Durante solenidade realizada na Escola Estadual Padre Diogo Feijó, em Rio Branco, foi apresentado o novo kit escolar que será distribuído para 5 mil alunos da zona rural nos 22 municípios do estado.

Segundo a diretora da Escola Diogo Feijó, Salete Cardoso, a presença do governador Gladson Cameli demonstra o comprometimento em colocar a educação do Acre entre as melhores do Brasil.

“Estamos alegres e motivados com essa escolha do governador em prestigiar a abertura do ano letivo em nossa escola. Para 2019, nosso tema é Trilhando Novos Caminhos porque acreditamos que só por meio da inovação é que vamos superar os desafios que estão postos e melhorar os nossos índices de ensino”, afirmou.

Com informações da Secom