De que adianta? bancos evitam aglomerados dentro das agências mas criam filas enormes do lado de fora

Quem foi a uma agência bancária no Acre, na manhã desta quinta-feira, teve que esperar o atendimento do lado de fora, devido às medidas de prevenção ao covid-19.

O critério de atendimento estabelece a entrada de apenas 20 pessoas de cada vez nos bancos acreanos para evitar aglomerações na sala de espera.

A medida obedece ao procedimento recomendado pelo Ministério da Saúde nas regiões com confirmação de casos de Corona Vírus.

“Desde a semana passada a gente já vinha solicitando às diretorias a tomada de algumas medidas para proteger os funcionários das agências bancárias. Nossa reivindicação foi atendida agora, depois que houve a confirmação de três casos da doença, aqui, em Rio Branco. Mas, antes tarde do que nunca”, disse Eldo Rafael diretor sindical.

No entanto, as filas enormes, percebidas pelo Acjornal nas portas dos bancos acreanos, na manhã desta quinta-feira (19/3) não seguem as normas de prevenção indicadas pelas autoridades sanitárias.

As pessoas estão aglomeradas nas calçadas ao longo das portas das agências bancárias em contato físico direto uma com as outras.

Enquanto que o ministério da saúde pede que em caso de necessidade, extrema de se sair de casa, as pessoas devem manter distância de pelo menos um metro uma das outras.

Cuidados de prevenção que não se vê nas filas que se formaram nas portas dos bancos na capital acreana e em todo o interior do Estado.