Freteiros, caminhoneiros e universitários anunciam bloqueio no acesso a Cruzeiro do Sul na manhã desta segunda-feira

Freteiros e caminhoneiros dos municípios de Feijó, Tarauacá e Cruzeiro do Sul confirmaram o bloqueio em três localidades diferentes, nesta segunda-feira, da BR 364, única estrada que liga a região do Vale do Juruá à capital Rio Branco.

Os bloqueios devem acontecer a partir das 8 horas da manhã na rotatória da saída da cidade de Feijó para Manoel Urbano; na ponte do Rio Tarauacá, na saída da cidade que leva o mesmo nome; e na ponte sobre o Rio Juruá, no sentido ao município de Tarauacá.

“Nossa mobilização é contra a agência reguladora dos serviços públicos que esteve aqui, esta semana, e aplicou multas abusivas à nossa categoria, atendendo solicitação dos taxistas e das empresas de ônibus” disse ao Acjornal José Andine (o cai n´água), presidente do sindicato dos freteiros e caminhoneiros do Município de Feijó.

Estudantes universitários do município de Sena Madureira que fazem faculdade em Rio Branco, também, ameaçam protestar fechando a BR-364, na saída para a capital acreana. Eles foram multados pela agência reguladora dos serviços públicos, na semana passada, acusados de transporte clandestino de passageiros.

Mas os universitários alegam que, na verdade, eles viajam em grupos de 5 pessoas por cada carro e dividem o gasto com combustível todos os dias para poder frequentar as aulas em Rio Branco.

Por se tratar de fim se semana, o acjornal não conseguiu falar com ninguém da Agência Reguladora dos Serviços Públicos para explicar, com mais detalhes, o que estaria acontecendo.

Como a maioria dos postos de combustíveis é abastecida na segunda-feira, é possível que o produto falta na bomba no decorrer do dia.

Os manifestantes estarão na Assembléia Legislativa nesta quarta-feira, cobrando uma intervenção junto aos deputados.