Com Normando na Casa Civil, Gladson cria conselho político com apenas 7 membros

Decreto publicado no Diário Oficial desta terça-feira institui o Conselho Político do Governo do Acre. Gladson Cameli escolherá os sete membros do colegiado, que terá função restritamente focada em orientar as decisões do governador, o vice-governador e de líderes de alta direção, inclusive secretários. O  ex-prefeito de Sena Madureira e ex-deputado estadual Normando Sales foi nomeado, também nesta terça-feira, para cargo de chefia na Casa Civil do governador, sendo, portanto, um dos prováveis conselheiros para assuntos político-institucionais e de gestão governamental. Normando é irmão do ex-deputado Nelson Sales, que é assessor especial do próprio governador.  A criação do conselho está no Plano de Governo apresentado pelo então candidato Gladson |Cameli à sociedade.

Compete ao Conselho Político do Governo do Estado:
I – propor diretrizes políticas que visem harmonizar as relações políticas
com as instituições governamentais, não-governamentais, seus agen
II – atuar como agente de apoio aos líderes da alta gestão, na mediação
de pautas potencialmente conflitantes, quando envolver interesses de
categorias profissionais ou classe sociais distintas;
III – assessorar e acompanhar a execução das ações políticas do Estado e da
administração pública voltadas ao desenvolvimento do interesse público;