Advogado acreano é encontrado morto no Conjunto Manoel Julião

O advogado Camilo Edson foi encontrado morto, na noite deste domingo, em seu apartamento, em Rio Branco. Camillo morava sozinho no Conjunto Manoel Julião.  O mau cheiro chamou atenção dos moradores, que arrombaram a porta do imóvel.

Funcionários do  Instituto Médico Legal  disseram que o  corpo do advogado ja estava em avançado estado de decomposição.

Camillo era natural de Cruzeiro do Sul. A polícia não encontrou sinais de violência no apartamento e no corpo do advogado.

Suspeita-se de morte natural.