Conheça os matadores do subtenente Amarildo; Forças de segurança do Acre caçam assaltantes

As polícias acreanas estão todas mobilizadas para localizarem e prender Douglas Silva Menezes e Diego da Silva, apontados como suspeitos do assassinato do subtenente da Polícia Militar, Amarildo Carneiro da Costa, vítima de tentativa de assalto no portão de casa, no início desta semana.

Douglas tem 19 anos, atende pelo apelido de “lourinho” mora na rua projetada, no bairro montanhês e pertence à facção criminosa Comando Vermelho.

Diego tem 24 anos, reside na rua Manaus, bairro montanhês e íntegra, também a taxação criminosa Comando vermelho, onde é chamado de “Dieguinho”.

Os dois já tem passagem pela justiça pelos crimes de porte ilegal de armas e assalto à mão armada.

Segundo as investigações da Polícia Civil Acreana a dupla teria tentado tomar a arma do policial.

Mas, a vítima teria tentado reagir e acabou sendo alvejada antes de conseguir destravar a pistola para atirar, primeiro, nos bandidos.

Ferido no abdomen, o subtenente Amarildo Caneiro da Costa morreu no pronto Socorro de Rio Branco na madrugada desta quarta- feira.

Os suspeitos do crime fugiram em uma motocicleta e até o início da tarde desta quarta feira ainda não tinham sido presos.

A polícia chegou à identificação dos suspeitos a partir do depoimento de testemunhas e rastreamento telefônico.