Eleições 2020: Cruzeiro do Sul pode ter casamento de cobra grande com jacaré-açu

REDAÇÃO

Dizer que os cenários políticos mudam como nuvens tornou-se lugar-comum. No entanto, o dinamismo pode levar a momentos da mais completa intrepidez. Aquele político que era puritano, ideológico e cheio de critérios para manter uma aparente coerência, o ex-deputado Henrique Afonso (PV), que é evangélico e pastor, poderá ser ungido pelo coronel de métodos políticos pouco heterodoxos, o ex-prefeito Vagner Sales, para ser candidato a prefeito por Cruzeiro do Sul.
A informação, que estava sendo mantida a sete chaves foi confirmada por um observador político do Vale do Juruá. “As conversas já aconteceram por duas vezes, mas eles tiveram o cuidado de enviar emissários”, declarou a nossa fonte, usando a seguinte metáfora para a inusitada aliança: será o casamento da cobra grande com o jacaré-açu. “Até os partidos deles (MDB e PV) são diametralmente opostos”, enfatiza.

Numa análise pouco acurada, percebe-se, de bate-pronto, porque a união faz tanto sentido. Sales elegeu prefeito Ilderlei Cordeiro e este o chutou no traseiro. É de conhecimento de todos o desejo do Leão defenestrar o alcaide, desafeto público de A a Z. Se insistir no filho, Fagner Sales, evidencia-se a familiocracia e a ambição desmedida do político que dá as cartas no MDB.

Portanto, lançar Henrique Afonso soaria um Sales preocupado com o município e, porque não dizer, até ideológico. Quanto ao candidato a prefeito derrotado por várias vezes, é para desencalhar mesmo, ou seja, ele está à margem da política há quase uma década e, como todos sabem, o seu grande sonho é ser prefeito. “O Henrique é muito vaidoso e obcecado em ser prefeito”, declarou um correligionário.

Lembremos que no último pleito municipal o leão convidou pessoalmente Afonso para ser o seu candidato. Como é de domínio público, o ex-deputado estava, à época, “recém-amancebado” o com o então deputado e hoje vice-governado, Major Rocha, e, obviamente, não quis traí-lo.

Mais Notícias
Carregue mais