Em manifestação, concursados da Educação exigem divulgação de resultado

REDAÇÃO

Dezenas de concursados da educação protestaram na manhã de hoje (18), em frente ao Gabinete Civil do Governo do Estado. Reivindicam a divulgação do resultado e a imediata chamada dos aprovados do último certame para trabalhadores do quadro efetivo. De acordo com os manifestantes, o resultado estava previsto para sair em março. Quase paralelamente, foi lançado outro edital para provisórios, cujo número convocados chegou a mais de 6.000 mil.

Recebidos pelo secretário especial do governo, Nelson Sales, os manisfestantes expuseram a situação e foi marcada para a próxima semana outra rodada de negociação. “Queremos a conclusão do processo, ou seja, a divulgação do resultado final”, disse a coordenadora do movimento, Gracione Sousa, ameaçando impetrar um mandado de segurança caso o governo não tome providências.

Cerca de 6.500 professores provisórios já foram contratados pela Secretaria Estadual de Educação, Esporte e Cultura (SEE). Nenhum deles está na lista de aprovados no último concurso efetivo. O governador Gladson Cameli garante que os professores aprovados neste certame serão convocados até o final deste mês. 

Mais Notícias
Carregue mais