Ameaça ao agente penitenciário Renê Fontes é revelada em solenidade pública

REDAÇÃO

As intrigas de parte a parte e perseguições dentro do Iapen alcançam consequências intoleráveis. O acjornal foi informado de uma trama para “eliminar” a carreira do agente penitenciário Renê Fontes. O rapaz é chefe de departamento no instituto, nomeado sob a estrita confiança do governador Gladson Cameli e um dos colaboradores da campanha que derrotou o PT nas eleições de 2018.Não é segredo que Fontes trava divergências públicas com o presidente Lucas Bolzone.

Na tarde desta quinta-feira, um áudio foi apresentado à reportagem, em que Renê é citado como “o cara que vai perder tudo que conquistou ali dentro”. Seria a deixa para uma possível orquestração com o objetivo de fazer o agente perder o cargo de chefia. O portador da gravação não forneceu cópia ao repórter, mas confirmou que a conversa foi captada durante uma solenidade recente, com a presença de vários militares. 

Procurado, Renê não quis fazer comentários mais aprofundados sobre a questão e não interpreta como uma ameaça direta à sua integridade física. “Infelizmente, tem disso. Eu sigo trabalhando, exercendo a função que me foi confiada. Fé em Deus “, afirmou. 

Mais Notícias
Carregue mais
%d blogueiros gostam disto: