Sindicalista critica indicação de nova secretária e ameaça parar unidades de Saúde

REDAÇÃO

O sindicalista Adailton Cruz, em franca campanha eleitoral para a reeleição do Sintesac, disse que em 30 dias serão paralisadas as unidades de saúde do Acre. “Não sei quem é o mais maluco, uma médica intensivista de BRASÍLIA/DF, aceitar assumir a SESACRE, sem conhecer um palmo diante do nariz da nossa realidade em saúde, o Alysson, que em seis meses não deu a devida resposta gestora, o GOVERNADOR, que mais uma vez erra, e erra feio, com a saúde e o nosso povo, ou eu, que cheguei a ter esperança que nossos trabalhadores teriam dias melhores”, postou em sua rede social. “Futuro sombrio com esse governo”, concluiu.

O segundo maior sindicato do Acre está envolto em denúncias de protecionismo e omissão. Vários diretores estão contemplados com cargos em comissão dentro da própria Secretaria de Saúde, o que inviabiliza a cobrança dos direitos dos trabalhadores, fazendo do governo um empregador, inclusive de quem devia representar a categoria. Passados cinco anos, o estado não apresentou aos funcionários do Pró Saúde a prometida solução para seus empregos. São mais de mil pais de família que, hoje, deverão ser demitidos, por determinação da Procuradoria do Trabalho,  em razão de vínculos irregulares desde os governos do PT.

Mais Notícias
Carregue mais
%d blogueiros gostam disto: