Fiasco: reinauguração da Escola Acreana de Música, gerida por petista, “esquece” governador

REDAÇÃO

O governador Gladson Cameli sequer foi citado na reinauguração da Escola Acreana de Música. A divulgação da solenidade, na noite desta sexta-feira, era responsabilidade da Secretaria de Educação. Uma suposta aula inaugural não houve repercussão qualquer. O público presente foi considerado um fiasco. O governo não mandou representante, exceto o diretor do Instituto Dom Moacyr como convidado. O ato teve apresentação de Vitória Galvão, filha do secretário de Educação, que ocupa cargo de chefia na escola. O que salvou a reinauguração foi a participação de um grupo de Dança formado pela comunidade. 

O governador precisa rever seus comandados ou o barco vai afundar antes mesmo de pegar o rio. Nas falas tanto do suposto diretor da Escola (suposto por que não se tem nada definido frente à instituição e do secretário Mauro Sérgio) pouco se ouviu o nome do governador como principal articulador para que a escola funcione. Governador e vice foram esquecidos nas falas de seus subordinados. Por que sera? Será que é por que o diretor é da antiga gestão petista na secretaria de educação, onde trabalhou anos e vez por outra defende seus amigos petistas?

Mais Notícias
Carregue mais
%d blogueiros gostam disto: