Beldade fantasma do governo do Acre foi rainha do Carnaval e seria protegida do chefe da Casa Civil, diz servidor

REDAÇÃO

Yngrid Nathana Barbosa Ribeiro, gerente do Cap´s, ligado á Secretaria de Saúde, que ganha do Governo do Acre sem comparecer ao trabalho, seria protegida do chefe da Casa Civil, Rubamar Trindade. Dois telefonemas à redação do acjornal, feitas por um servidor público e um desempregado. As denúncias foram feitas instantes após a publicação em que Yngrid aparece em viagem na Franã e na Inglaterra (veja AQUI) QUANDO DEVERIA ESTAR CUMPRINDO EXPEDIENTE. 

“Essa jovem foi uma que sentou do meu lado, na ante sala do ministro, ansiosa, na expectativa da conversar com o todo poderoso (Ribamar), passaram um bom tempo lá os dois depois que ela entrou, quando saiu, o sorriso ia de uma orelha a outra”, conta um colaborador de campanha. Ela foi rainha do Carnaval 2019.

“Eu estou formado há dois anos e meio, não tenho emprego, tenho uma pós e já estou terminando outra e nada de emprego. Essa moça mal terminou a faculdade e já estar empregada, sendo protegida por poderosos, em troca de quê eu não sei”, desabafou um anônimo. “Todo mundo lá (na Casa Civil) que o Ribamar protege ela e muitas outras garotas. Estão todas empregadas”, disse ele. “Pode anotar. Se for preciso botar a minha cara eu boto”. 

Outro denunciante disse ser servidor do estado e “mero observador das coisas que acontecem no Diário oficial”. Ele afirmou conhecer ao menos meia duzia de pessoas que não trabalham mas recebem após serem indicadas por secretários e políticos. 

A reportagem tentou falar com Ribamar,mas ele não atende nem retorna as ligações. 

Nota

Após a publicação da reportagem, conseguimos contato com Ribamar. Ele disse estar ciente da denúncia sobre o fato de a servidora não estar trabalhando, mas negou ter sido indicação sua. “Não, não procede. Vou verificar aqui e já entro em contato com vocês”, disse o chefe da Casa Civil. 

Mais Notícias
Carregue mais