Deputada Doutora Juliana e presidente da Câmara de Rio Branco são presos por corrupção eleitoral

REDAÇÃO

A Polícia Federal prendeu a deputada Doutora Juliana e o presidente da Câmara de Vereadores de Rio Branco, pastor Manoel Marcos, na manhã desta terça-feira. A PF deflagrou a Operação SANTINHOS, com a finalidade de combater desvios de recursos públicos do fundo partidário e do fundo especial de financiamentos de campanha, além de outros crimes eleitorais e lavagem de capitais. Fartas provas serviram para convencer a justiça sobre o envolvimento de Marcus e Juliana na compra de votos nas eleições gerais deste ano. O sigilo telefônico deles também foi quebrado por ordem judicial.

Mais de 100 policiais federais de vários estados auxiliaram no cumprimento de 17 mandados de busca e apreensão em residências e gabinetes de investigados, em órgãos públicos, na câmara de vereadores e na Assembleia Legislativa do estado do Acre – ALAC. Também foram cumpridos 8 mandados de prisão expedidos pela Justiça Eleitoral do Acre.
Durante a operação, 2 deputados eleitos no último pleito foram presos.
Maiores informações serão repassadas na coletiva para a imprensa, que será realizada às 10:00hs no auditório da Superintendência da Polícia Federal do Acre.

Mais Notícias
Carregue mais
%d blogueiros gostam disto: