Licitações viciadas e derrame de combustíveis no Depasa: Edvaldo Magalhães é condenado a devolver R$ 160 mil

REDAÇÃO

O ex diretor presidente do Depasa, Edvaldo Magalhães, deputado estadual eleito, foi condenado a devolver 160 mil reais aos cofres públicos. A decisão é do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e foi conhecida durante a sessão desta quinta-feira. Ao analisar as contas 2015, os conselheiros detectaram uma serie de irregularidades – entre elas a ausência de licitação para fornecimento de combustíveis, para o abastecimento de veículos não oficiais, alem de gasto excessivo de combustíveis sem justificativa. De acordo com o TCE foi gasto uma quantidade do produto muito superior ao necessário para abastecer toda a
Frota da autarquia. O conselheiro Jose Augusto Araújo, relator do processo, emitiu parecer favorável a condenação de Edvaldo Magalhães. O voto foi acompanhado pelos demais membros.

Mais Notícias
Carregue mais
%d blogueiros gostam disto: