Gladson Cameli e Rocha são eleitos governador e vice do Acre. Petecão e Márcio Bittar são eleitos senadores

REDAÇÃO

O senador Gladson Cameli foi eleito governador do Acre em primeiro turno, neste domingo de eleições, encerrando 20 anos de hegemonia do PT no estado – confirmando as projeções feitas pelas pesquisas eleitorais divulgadas nas prévias da votação. Gladson manteve esta vantagem que oscilaram de 50 mil a 60 mil votos sobre o candidato do PT, Marcus Alexandre, desde o início da apuração. Com 94% dos votos totalizados, Cameli cravava mais que 53% da preferência do eleitor. Marcus não conseguiu avançar dos 35,5%. O coronel Ulisses Araújo (PSL), em terceiro, obteve acima de 10% dos votos, um desempenho melhor que o previsto nas pesquisas eleitorais. A candidata Janaína Furtado

O senador Sérgio Petecão PSD) está reeleito. A segunda vaga de senador do Acre é do ex-deputado federal Márcio Bittar. A eleição de Márcio e Petecão também antecipadas nas pesquisas, que havia sacramentado a derrota histórica de Jorge Viana. Havia expectativa muito grande sobre uma possível disputa acirrada entre Márcio e Jorge. As urnas, no entanto, revelam que o candidato do MDB, com mais de 23%, se manteve á frente do petista com uma vantagem que variou de 45 mil a 50 mil votos desde a primeira metade da apuração.

A militância da oposição invadiu as redes sociais em comemorações que devem entrar pela madrugada. O senador Gladson Cameli daria uma entrevista coletiva por volta de 21:30 horas, falando pela primeira vez como governador eleito.

Mais Notícias
Carregue mais
%d blogueiros gostam disto: