Polícia Civil identifica ameaças contra Ulisses. PF é acionada e coronel reforça segurança pessoal

REDAÇÃO

A Polícia Civil identificou ameaças contra o candidato do PSL ao Governo do Acre, coronel Ulisses Araújo. O serviço de Inteligência fez o alerta a delegados, que entraram em contato imediato com o candidato. O militar prestou queixa numa delegacia do estado e na Polícia Federal, na tarde deste sábado. O teor das ameaças não foi revelado à imprensa, mas alguns apoiadores de Ulisses também são citados pelos criminosos. A reportagem apurou que os ameaçadores estariam dispostos a repelir a militância do PSL em alguns bairros de Rio Branco. A intimidação teria partido de grupos anti Bolsonaro.

Ulisses falou ao acjornal, por volta de 22 horas. “Não é bom vacilar. Precisei alertar as autoridades sobre o que está acontecendo. Nossa campanha cresceu e não vai parar nesta retas final. Eu sou grato à Polícia Civil, que está fazendo as devidas investigações, assim como a PF. As agendas de campanha continuam”, declarou o candidato.

Ulisses reforçou a sua segurança pessoal também. Ele segue nesta madrugada para Tarauacá, onde se juntará aos apoiadores do Juruá. O candidato tem compromisso em Manuel Urbano e retorna a Rio Branco em seguida para o debate da Rede Amazônica, previsto para a terça-feira.

Mais Notícias
Carregue mais
%d blogueiros gostam disto: