Capixaba: juíza nega recondução de prefeito afastado e cassação pode sair em 20 dias

REDAÇÃO

A juíza Loise Kristina negou a recondução ao cargo do prefeito afastado de Capixaba, José Augusto Gomes da Cunha. Envolvido em esquema de corrupção com desvio de verbas públicas e fraudes em licitações públicas, Cunha entrou com mandado de segurança alegando inocência. A magistrada entendeu que, neste instante, seria impossível atender ao pedido, uma vez que o Ministério Públco ainda não se manifestou.
A Polícia Federal pediu a prisão e o afastamento de Cunha, na semana passada. O Tribunal de Justiça ordenou que ele seja mantido distante das repartições públicas e fora do cargo por 180 dias.Na Câmara de Vereadores da cidade, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) entra na fase final. O prefeito afastado deve comparecer para ser ouvido no próximo dia 13. Além dele, uma secretaria municipal, um empresário e uma testemunha prestarão esclarecimentos.
A comissão informou que em 20 dias, no maximo, deve ser apresentado o relatório conclusivo sobre as irregularidades, com pedido de cassação de José Augusto Gomes.

Mais Notícias
Carregue mais
%d blogueiros gostam disto: