O acelerador travou, diz motorista de palio que matou homem na Floresta

O grave acidente que matou um homem, na Rua Rio de Janeiro, em Rio Branco, na ultima quarta-feira, não teria sido provocado por imprudência, como noticiou o acjornal. O palio, modelo antigo, conduzido por uma mulher de 53 anos, aparece no vídeo completamente desgovernado e em alta velocidade, atropelando e lançando a vitima para o alto. A motorista, que voltava de um culto evangélico na companhia de uma amiga, relatou a policia que o acelerador do veiculo travou e ela não encontrou meios para reduzir a velocidade. A revelação foi feita a policiais de transito, apos a tragedia, quando a mulher era atendida e encaminhada ao Pronto Socorro com escoriações pelo corpo e um ferimento no maxilar. Segundo ela, a ultima aceleração foi dada apos transpor um quebra molas. O palio sera periciado, a fim de comprovar a falha mecanica. Se a versão da motorista for confirmada, ela não sera indiciada. Abaixo, assista ao acidente.